Exposição
ESPACO TIM UFMG_06_03_0251

O HOMEM DE LAGOA SANTA


Os primeiros vestígios humanos da América estão presentes no Espaço do Conhecimento UFMG com a exposição do original de uma preciosa peça da nossa arqueologia: o crânio de um homem que pertenceu aos antigos grupos caçadores-coletores que chegaram há mais de 12 mil anos às proximidades de Lagoa Santa (MG), cuja região se destaca por conter dezenas de sítios arqueológicos. Os restos mais importantes dessa população correspondem ao esqueleto de uma jovem a que se deu o nome de Luzia, datado de quase 11 mil anos atrás e considerado um dos fósseis humanos mais antigos do continente.

Consultoria:

André Prous

Fotos: Sydney Picasso
[Documentação da Missão Arqueológica Francesa de Lagoa Santa]
Crânio gentilmente cedido pelo Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG