Notícias – Espaço do Conhecimento UFMG
 
Acontece | Notícias

Arte surda em exposição no Espaço

Quadrinhos contam história da educação dos surdos em Minas

 

 

A história dos surdos no mundo é marcada por momentos de repressão e preconceito. A comunicação por língua de sinais, por exemplo, era proibida até poucas décadas atrás. Por isso, o Setembro Azul celebra o Mês do Surdo em uma luta por mais representatividade. O Espaço do Conhecimento UFMG participa do movimento com uma programação especial em Libras. Na próxima terça-feira, o museu lança a exposição Cartoon em Libras: a história da educação dos surdos em Minas Gerais.

A inauguração da mostra acontece na data em que se comemora o Dia Nacional do Surdo, 26 de setembro, na Cafeteria do Espaço. A exposição é fruto de uma oficina realizada pelo cartunista Lucas Ramon com estudantes da Escola Estadual Francisco Sales, voltada para o atendimento a alunos com deficiência da fala e audição. O projeto, chamado de Contando a História da Educação dos Surdos, foi desenvolvido pela professora Marina Evaristo. Os desenhos ficam em exibição até 22 de outubro.

No lançamento, Lucas Ramon fará a palestra Arte Surda: quadrinhos do Tikinho, em que abordará a importância das manifestações artísticas na inserção social de pessoas surdas. O cartunista é autor do livro Três Patetas Surdos, que o ajudou na transformação de sua limitação física em uma ferramenta de luta. Na ocasião, livros de Lucas estarão à venda.

 

Setembro Azul
O Setembro Azul foi definido como o mês do surdo por ser repleto de datas significativas para a comunidade. No Brasil, definiu-se, por lei em 2008, o dia 26 de Setembro como Dia Nacional do Surdo. Nesta data, em 1857, foi fundada a primeira escola de surdos no Brasil, o atual Instituto Nacional de Educação dos Surdos, no Rio de Janeiro.

 

 

 

Cartoon em Libras: a história da educação dos surdos em Minas Gerais
Quando: 26 de setembro a 22 de outubro
Onde: Cafeteria do Espaço do Conhecimento UFMG – Praça da Liberdade, 700, Funcionários, BH